Deslocar-se tornou-se barato, ecológico e convivial

Iniciar sessão de utilizador

O Boleia.net já conta com 12000 fãs no Facebook!
Ciclo de conferências em Biotecnologia - Março de 2014

Dicas para partilhar carro em segurança durante a pandemia de COVID-19

Numa altura onde "distanciamento social" é a palavra-chave, a partilha de carro é considerada um meio de transporte mais seguro do que os transportes públicos.

Como devemos nos adaptar de forma a poder continuar a dar e apanhar boleias? Vejam estas dicas, algumas evidentes e outras que tranquilizam ainda mais condutores e passageiros.

 

 

Por que razões é mais seguro deslocar-se de carro partilhado do que de transporte público?

Apesar do coronavírus, a partilha de carro continua a ser uma solução mais económica para se deslocar numa altura tão difícil financeiramente, mas também é essencial para evitar o recurso massivo ao uso de automóveis particulares e o seu impacto no meio-ambiente (como lembrou o Prof. José Manuel Viegas no seu artigo de opinião no Público e na nossa entrevista).

Se manter uma distância mínima entre pessoas não é fácil num carro, também é bastante difícil fazê-lo num autocarro, num metro, num comboio...  em particular nas horas de ponto! Obviamente, reduzir o número de pessoas que nos rodeia reduz também as probabilidades de contágio, como 

Mas para quem se deve deslocar (em particular para ir ou voltar do trabalho), não basta reduzir o número de potenciais contatos...

 

O que devo fazer para partilhar carro com outras pessoas, em segurança?

Há de facto vários comportamentos e várias ações que podem ser tomadas por condutores e passageiros para viajar juntos num carro. Vamos assim lembrar as medidas básicas (já indicadas na secção das Perguntas Frequentes) que todos devem seguir na hora de partilhar um espaço fechado com outras pessoas... e outras que são também úteis para minimizar os riscos de transmissão do COVID-19

Tal como é obrigatório nos transportes públicos, tanto os condutores como os passageiros devem:

  • usar máscara
  • lavar as mãos frequentemente (com sabão ou gel desinfetante à base de alcóol a 70%)
  • evitar o máximo possível de tocar a cara

Mas também:

  • obviamente, reduzir o número de passageiros no carro
  • se houver só um passageiro(a), o ideal é ele(a) ficar no banco de trás

Vale a pena insistir também no facto que qualquer pessoa que tenha sintomas não deve viajar e que tanto condutores ou passageiros podem recusar viajar com pessoas que os apresentam.

 

 

Para quem quiser ainda mais segurança, podemos recomendar:

  • manter as janelas do carro abertas (ou pelo menos uma) e o ar a circular durante a viagem (como revelado nos últimos dias por um estudo americano)
  • os condutores podem desinfetar e arejar o carro regularmente

 

Outras recomendações, para o bem de todos: verifique regularmente os conselhos dados no site da DGS e protege-se a si e os seus.

Manter a calma nesta altura e algum sentido crítico, não ceder a pressões "políticas" ou a teorias da conspiração. Confiar nas autoridades sanitárias é necessário para levar a sério esta pandemia e acabar com ela o mais rápido possível! #VaiFicarTudoBem

 

 

Deixar o meu comentário

Entrar ou Registar-se já gratuitamente!

O nosso projeto no "Contas Poupança" da SIC

Também passaram a palavra


O Boleia.net na RTP

O Boleia.net no GreenSavers